• Caroline Soares

PPGMT recebe bolsas Capes para pesquisa em Covid-19


O Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical (PPGMT) foi contemplado com seis bolsas de pós-graduação do Programa de Combate às Epidemias, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). 


O PPGMT da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), área de concentração Doenças Tropicais e Infecciosas, funciona em convênio amplo com a  Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD). 


O Combate às Epidemias foi lançado pela Capes nesta quinta-feira, 2/4, e visa oferecer apoio a projetos de pesquisas e formação de recursos humanos qualificados, direcionados ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, Covid-19, bem como temas relacionados às endemias e epidemias típicas no país.


De acordo com a Capes, o investimento previsto para este ano é de R$30,8 milhões, sendo estruturado em três ações emergenciais. Na primeira delas, na qual o PPGMT/UEA foi contemplado, serão concedidas 900 bolsas de mestrado e doutorado para os programas com nota 5, 6 e 7 da área de saúde, dentro da grande área do conhecimento dos Colégios da Vida.


As seis bolsas concedidas ao PPGMT, sendo três de mestrado e três de doutorado, serão destinadas ao Estudo CloroCOVID-19, que investiga a  a eficácia da Cloroquina em pacientes com diagnóstico de doença respiratório grave com suspeita de SARS-CoV2, o Covid-19. 


De acordo com o Diretor de Ensino Pesquisa da  FMT-HVD, Wuelton Monteiro, o recebimento das bolsas indica a qualidade do ensino do PPGMT/UEA. "Apenas programas com ótima avaliação pela Capes estão sendo contemplados com estas bolsas, o que demonstra a qualidade do ensino e pesquisa sendo desenvolvidos na nossa instituição", destacou.



Links e Serviços

Av. Pedro Teixeira, 25 - Dom Pedro.

Manaus - Amazonas - Brasil - 69040-000

 

+55 (92) 2127-3555 

De segunda a sexta-feira: 8:00 às 17:00hrs

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Flickr - Círculo Branco

© 2020 por Instituto de Pesquisa Clínica Carlos Borborema (IPCCB).