IPCCB encerra ações do Setembro Amarelo com treinamento sobre humanização na pesquisa clínica

Para encerrar as ações do Setembro Amarelo - mês de prevenção ao suicídio - no Instituto de Pesquisa Clínica Carlos Borborema (IPCCB), os setores de Psicologia e da Qualidade e Ouvidoria realizaram, hoje (28/9), o treinamento 'Boas práticas de humanização no atendimento da pesquisa clínica'. A capacitação busca estabelecer o procedimento para promoção de acolhimento humanizado e empático aos participantes de pesquisa. O encontro contou com cerca de 50 colaboradores que atuam direta e indiretamente com os participantes de pesquisa. Durante o mês de setembro, o IPCCB promoveu palestras abordando os cuidados com a saúde mental, aberta aos participantes de pesquisa e as equipes de pesquisa. O primeiro encontrou, no dia 14/9, foi liderado pelas psicólogas Sara Fernandes e Alessandra Gomes, que apresentaram a palestra 'Um tempo para mim, cuidando da minha saúde mental'. Na última semana, no dia 23/9, os colaboradores e alunos puderam participar da palestra 'Reflexões sobre a questão da ideação suicida', ministrada pelo palestrante convidado, o médico psiquiatra Pablo Gnutzmann Pereira. O encontro contou com apoio da Diretoria de Ensino e Pesquisa (Denpe/FMT-HVD), representada pelo Diretor de Pesquisa e Ensino da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Wuelton Monteiro.